Aprenda a tomar decisões sobre o seu dinheiro.

Aprenda a tomar decisões sobre o seu dinheiro.

Estudos realizados a partir da experiência de consultores chegaram a uma lista de boas práticas para vencer num negócio de família.

Aproximadamente 80% das empresas do mundo são familiares.

Vantagens e desvantagens das empresas familiares
Escrito por Herbert Steinberg, especialista em empresas familiares 

A sólida busca por “significado” explica a razão de ser de uma família empresária, os valores que pavimentam sua estrutura e os resultados inerentes, geração após geração. O legado de uma família empresária tem mais a ver com o contexto de futuro do que com seu passado.

A organização familiar apresenta um conjunto de vantagens, tais como:

• Lideranças com mandatos mais longos e estáveis;
• Maior receptividade dos clientes;
• Relacionamentos mais duradouros;
• Investimentos de prazo mais longo;
• Mais determinação e ousadia;
• Maior lealdade dos funcionários.

E desvantagens, entre as quais:

• Ausência de mentalidade voltada ao desempenho;
• Conflitos familiares destrutivos;
• Indecisão e estagnação estratégicas;
• Dificuldade em atrair talentos;
• Sobrecarga operacional;
• Lealdade por vezes descabida à tradição (produtos, tecnologia e localização);
• Sigilo desnecessário ou prejudicial;
• Reinvestimento insuficiente (dissipação dos dividendos ou falta de capital).

Para enriquecer ainda mais o entendimento, estudos realizados por especialistas e apresentados em congressos realizados pelo The Family Business Network (FBN) no passado recente compilam as experiências e ensinamentos de mais de dez renomados professores e consultores internacionais especializados em empresas familiares. Esse material resultou em um caderno especial, denominado “As oito práticas proativas de famílias de sucesso”, que podem ser assim resumidas, a seguir:

1. Articule um propósito comum forte e cristalino;
2. Cultive as forças empreendedoras, crie um espírito empresarial;
3. Planeje estrategicamente, para mitigar riscos e agarrar oportunidades;
4. Monte uma estrutura racional para gerir os ativos das famílias;
5. Classifique papéis e responsabilidades;
6. Comunique à exaustão;
7. Ajude os familiares a desenvolverem competências;
8. Apoie a obtenção de independência financeira, incluindo oposições de saída do negócio.

O processo de mudança estrutural em empresas familiares se inicia pela classificação e equalização de expectativas. Especialistas do IMD Business School se detiveram sobre a questão e apontaram dois conjuntos e expectativas inerentes ao empreendimento familiar e ao não-familiar, o que pode dificultar a conciliação de expectativas:

Divergências em questões básicas:

Na empresa familiar Na empresa não-familiar
Garantir a continuidade Maximizar o valor
Preservar os ativos e a reputação da família controladora Atender à expectativa dos investidores
Gerir de forma conservadora para evitar riscos Assumir riscos para obter mais retorno
Adaptar-se como orientação estratégica Crescer constantemente
Focar o crescimento orgânico Crescer aceleradamente
Encarar clientes e funcionários como principais stakeholders Encarar acionistas e a equipe gerencial como os principais stakeholders
Atribuir responsabilidade social ao negócio Encarar o negócio como um ativo disponível

Fonte: Exame

Sobre o Autor

André Novaes é empreendedor formado em administração de empresas. Acumula experiência no varejo e mercado financeiro, tendo atuado em empresas como 3M do Brasil, Credit Suisse Hedging Griffo, e Prudential do Brasil. Como empreendedor, a sua jornada começou em 1998, quando montou a sua 1ª empresa, um site de internet que posteriormente foi vendido em 2000. Especialista em planejamento de vida, proteção financeira e investimentos dinâmicos, atua como pesquisador e planejador, professor e palestrante, com a missão de conduzir as pessoas e famílias brasileiras à auto- gestão responsável de sua vida e finanças, reconduzindo a família ao centro do planejamento de vida. Em 2007, André Novaes fundou e atua como CEO da LifeFP™. Em 2016 escreveu o manifesto “Uma Nação em Sua Melhor Versão” e criou a LIFE Academy como a plataforma que planejará a vida milhões de brasileiros e transformará a relação das pessoas com o dinheiro.

POSTS RELACIONADOS



31
maio

Entenda a relação entre autoestima e dinheiro

Chega um determinado momento da vida em que se coloca em pauta as conquistas e se pergunta qual o futuro que se quer para a família. Essas indagações sobre o...
Leia Mais
07
ago

Descubra como definir seus objetivos financeiros

Não há limites para a capacidade humana de desejar, porém, os recursos disponíveis para concretizar todos esses desejos são escassos. Essa regra básica de economia é universal e se aplica a...
Leia Mais
24
mar

Educação financeira para crianças: veja como ensinar os seus filhos

Conscientizar os filhos sobre dinheiro, economia e poupança é uma parte importante de toda criação. E a educação financeira para crianças, ao contrário do que se imagina, pode começar bem...
Leia Mais

Conheça os cursos online da Life Academy

Últimos Posts

Afinal, o que é resiliência financeira?
17 de novembro de 2017
Planejamento financeiro: saiba como criar uma rotina de organização
13 de novembro de 2017
Perfil de investidor: aprenda como identificar o seu contexto
6 de novembro de 2017
Decisões financeiras: saiba como crescer de forma consciente!
16 de outubro de 2017
Saiba como as decisões financeiras impactam na formação dos filhos
11 de outubro de 2017
Planejamento financeiro pessoal: como se preparar e conseguir realizar sonhos?
6 de outubro de 2017

CONTEÚDO VIP
Coloque o seu email abaixo para receber gratuitamente as atualizações do blog!