Aprenda a tomar decisões sobre o seu dinheiro.

Aprenda a tomar decisões sobre o seu dinheiro.

Há quanto tempo você pensa em ter seu próprio negócio? Por que ainda não começou a tirá-lo do papel? A resposta para essas perguntas quase sempre aponta nosso medo em investir em coisas novas ou mesmo falta de conhecimento de como dar o primeiro passo.

Na verdade, começar a investir em um negócio não é fácil, exige riscos e, claro, dinheiro.

No entanto, nem de longe abrir a sua empresa é um bicho de 7 cabeças. Tudo pode ser muito mais fácil do que você imagina! Se você quer descobrir como começar a investir e tirar do papel seus maiores sonhos, acompanhe este artigo!

Entenda seu mercado

Não existe nenhum negócio que comece sem um investimento, ainda que você pense que sim. Nem mesmo os negócios digitais podem ser feitos sem um investimento inicial, mesmo pequeno.

Agora, quanto dinheiro você precisará investir para começar um negócio, qualquer que seja ele, depende do mercado em que você pretende atuar e o que você precisa para tirá-lo dos seus sonhos.

Alguns mercados, naturalmente, precisam de investimentos maiores e cuidados redobrados na hora de contratar fornecedores e pensar no espaço do negócio.

Uma boa dica é: mesmo durante esse início, pense exclusivamente em oferecer o máximo de qualidade. Entenda o público que você quer atender e saiba o que eles esperam de uma empresa como a que você quer criar.

Não adianta ter uma ideia genial, se o mercado não apresenta a necessidade específica que você pode atender. Entende? Pensar no mercado e começar a planejar sua empresa, então, envolve também entender quanto potencial o seu negócio tem.

Tenha um planejamento financeiro

Quando você já sabe o mercado em que quer atuar e tem noção do quanto precisaria gastar para oferecer o melhor do seu negócio, chega a hora de pôr em prática um dos passos mais importantes.

Antes de começar a investir e logo após compreender como funciona o mercado, você precisa sentar para se planejar financeiramente.

Isso envolve reconhecer os custos fixos de manutenção do seu investimento, seja ele uma empresa física ou online. Os custos com aluguel, com contratação de funcionário, contas de água e de luz são os mais básicos, mas há outros tão importantes quanto.

Por exemplo, gastos com publicidade, mesmo online, são cruciais para garantir o sucesso da empresa durante esses primeiros meses. Possíveis custos com reformas no espaço da loja também precisam ser contabilizados.

Após todos esses cálculos, você tem em mãos um valor inicial do que precisará para começar a empresa. Se ela vende produtos, você também precisa pensar nos primeiros custos com fornecedores, e assim por diante.

Além de garantir o sucesso da empresa, com todo esse planejamento também tornará mais fácil enxergar qual a melhor forma de conseguir dinheiro para começar a investir.

Comece a poupar dinheiro

O primeiro investimento possível, e também um dos mais recomendados, é poupar dinheiro. Se você sabe a meta inicial de gastos que terá ao montar a empresa, elaborar um plano de poupança para juntar a quantia necessária se torna mais fácil.

Nada impede, também, que você poupe uma quantia inicial e procure outras formas de conseguir investimento, como empréstimos ou parcerias com sócios.

Nesse momento, é importante que você perceba que a única coisa que o distancia do seu sonho é o seu foco (ou falta dele). Por isso, se planejou juntar x quantia durante os próximos 6 meses, evite sair do planejamento e faça de tudo para conseguir o necessário no período estipulado.

Senão, o risco é que você passe vários anos procrastinando o início de seu sonho, tornando-o cada vez mais algo irreal e fora de cogitação.

Começar a investir, no fim das contas, exige muito mais força de vontade do que dinheiro na mão, propriamente dito.

Procure por investidores-anjo

Os investidores-anjo são uma grande oportunidade para quem tem uma boa ideia na mão, mas não sabe por onde começar a investir.

Além de oferecer aporte financeiro, os investidores também podem funcionar como conselheiros casuais, oferecendo apoio moral nesse início sempre complicado da empresa.

Ter um bom planejamento, e saber apresentar o melhor da ideia de sua empresa é o primeiro passo para conquistar um investidor-anjo.

É necessário, acima de tudo, mostrar que sua empresa possui um grande potencial. Então, não meça esforço na hora de elaborar seu plano de negócios para o primeiro ano da empresa.

Peça um empréstimo

É comum ver profissionais recomendando que você fuja dos empréstimos como se fugisse da própria morte. A verdade é que essa forma de conseguir dinheiro pode ser uma das maiores oportunidades para financiar seus sonhos e começar a investir.

Mas, claro, para que isso aconteça, o empréstimo precisa ser solicitado com cuidado. Planejamento, inclusive envolvendo os lucros da empresa necessários para pagar o empréstimo, é crucial.

Pensar com cuidado nos juros e pesquisar bastante também são regras básicas para fazer um bom negócio e evitar dívidas.

Para evitar que o empréstimo vire uma bola de neve, não há tanto segredo quanto se pode imaginar. Inicialmente, ter um plano B para caso a empresa não dê lucro já é um grande passo para fugir dos desastres financeiros.

Pense em alternativas e planos que você deverá pôr em ação, logo que a empresa se mostre menos rentável do que deveria. De repente, investir em marketing ou mudar a estratégia de venda podem ser ideias válidas.

Procure por um sócio-investidor

O sócio-investidor é uma das figuras mais enigmáticas, quando pensamos em começar a investir. Muitos empreendedores possuem até mesmo medo deles!

No entanto, se você procura por uma maneira eficaz de conseguir dinheiro, pensar nos sócios-investidores é uma boa alternativa. E não traz tantos problemas quanto as pessoas dizem, acredite.

O essencial, aqui, é que você estipule junto ao sócio um conjunto de condutas que definem, também, as porcentagens de lucro que irão para cada um de vocês.

Além disso, atribuir as responsabilidades da empresa para cada um e limitar o que é seu e o que é dele é crucial para uma parceria saudável, sem maiores problemas.

Recorra ao BNDES

O Banco Nacional do Desenvolvimento (BNDES) pode ser uma grande oportunidade para você começar a investir sem sofrer com as altíssimas taxas de juros dos empréstimos tradicionais.

O BNDES possui diversas linhas de crédito, que atendem, também, diferentes necessidades. Por exemplo, existem linhas específicas para auxiliar na aquisição de máquinas, investir em inovação e até para trabalhar com capital de giro.

Por isso, pesquise e analise qual a opção se encaixa melhor ao seu tipo de negócio. E mesmo que os juros sejam consideravelmente menores, lembre-se de fazer um planejamento prévio minucioso.

Pense no financiamento colaborativo

Essa é uma modalidade relativamente nova, mas ótima chance para tirar aquela ideia bacana do papel. Se você pensa em começar a investir em negócios focados em arte e cultura, o financiamento colaborativo é uma de suas melhores alternativas.

Com esse financiamento, você conquista o capital necessário para investir no seu negócio a partir de doações. Em alguns casos, você pode oferecer mimos e prêmios para aqueles que colaborarem com o projeto.

O melhor é que você não precisa devolver dinheiro nenhum ao banco e pode usar boa parte da quantia conseguida para investir no negócio.

No entanto, é preciso lembrar que esse tipo de financiamento só funciona com empresas que atuam em determinados nichos.

No Brasil, os nichos focados em inovação e cultura ainda são os mais fortes e únicos que conseguem retorno positivo nessas plataformas de financiamento coletivo.

Essas são algumas das melhores maneiras de começar a investir em seu próprio negócio. Se você tem interesse em construir capital a partir de agora, vai se interessar pelo nosso artigo sobre os 6 erros financeiros que os ricos não cometem (e que você também não pode cometer!).

Sobre o Autor

André Novaes é empreendedor formado em administração de empresas. Acumula experiência no varejo e mercado financeiro, tendo atuado em empresas como 3M do Brasil, Credit Suisse Hedging Griffo, e Prudential do Brasil. Como empreendedor, a sua jornada começou em 1998, quando montou a sua 1ª empresa, um site de internet que posteriormente foi vendido em 2000. Especialista em planejamento de vida, proteção financeira e investimentos dinâmicos, atua como pesquisador e planejador, professor e palestrante, com a missão de conduzir as pessoas e famílias brasileiras à auto- gestão responsável de sua vida e finanças, reconduzindo a família ao centro do planejamento de vida. Em 2007, André Novaes fundou e atua como CEO da LifeFP™. Em 2016 escreveu o manifesto “Uma Nação em Sua Melhor Versão” e criou a LIFE Academy como a plataforma que planejará a vida milhões de brasileiros e transformará a relação das pessoas com o dinheiro.

POSTS RELACIONADOS



24
jul

Afinal, como fazer uma boa planilha de orçamento familiar?

Conquistar estabilidade financeira para poder usufruir de tranquilidade no futuro é um dos grandes desafios atuais. A crise econômica assombra o brasileiro há algum tempo. Para sair desse labirinto, uma...
Leia Mais
13
mar

COMO APROVEITAR O DIA INTERNACIONAL DO CONSUMO

Todo dia 15/Mar celebramos o dia mundial do consumidor. Você sabe que dia é este e para que ele serve? Este dia foi criado em 1962 pelo presidente dos Estados...
Leia Mais
22
fev

ENTENDA A IMPORTÂNCIA DE TER UMA RESERVA FINANCEIRA

O brasileiro é um povo trabalhador, disso não há nenhuma dúvida. Entretanto, apesar de se dedicar cada vez mais à carreira e almejar uma melhor colocação social e estabilidade financeira, muitos...
Leia Mais

Conheça os cursos online da Life Academy

Últimos Posts

Afinal, o que é resiliência financeira?
17 de novembro de 2017
Planejamento financeiro: saiba como criar uma rotina de organização
13 de novembro de 2017
Perfil de investidor: aprenda como identificar o seu contexto
6 de novembro de 2017
Decisões financeiras: saiba como crescer de forma consciente!
16 de outubro de 2017
Saiba como as decisões financeiras impactam na formação dos filhos
11 de outubro de 2017
Planejamento financeiro pessoal: como se preparar e conseguir realizar sonhos?
6 de outubro de 2017

CONTEÚDO VIP
Coloque o seu email abaixo para receber gratuitamente as atualizações do blog!