Aprenda a tomar decisões sobre o seu dinheiro.

Aprenda a tomar decisões sobre o seu dinheiro.

Algumas pessoas demoram para tomar decisões importantes na vida, que podem causar um impacto positivo definitivo, porque não evitam ações que vão exigir um pouco mais de disciplina e organização, o que causa conflito não apenas para elas, como para aqueles que as cercam. Uma mudança de atitude pode viabilizar os sonhos que elas tanto querem realizar. Uma destas mudanças é assumir a responsabilidade sobre a sua vida.

Grosso modo, os dicionários costumam definir o termo “responsabilidade” como o “dever de arcar, de se responsabilizar pelo próprio comportamento ou pelas ações de outra(s) pessoa(s)”. O lado difícil, para não dizer triste, desta história é que muitas pessoas tomam para si apenas aquilo que o vocábulo pode trazer de menos positivo, pejorativo até, que é tentar transformar responsabilidade em um fardo, uma obrigação avessa ao prazer.

O que é ter responsabilidade na vida?

Longe disso, ter responsabilidade é viabilizar o prazer, a diversão e as vitórias do dia a dia. É assumir o seu papel de protagonista pela própria vida, consequentemente, pela conquista dos seus sonhos e pela sua felicidade. Sim! A sua felicidade depende só de você e não se trata de papo filosófico ou transcendental, aquele que prega que a felicidade vem de dentro, de sentir-se bem independente da situação. Essa seria a base, o alicerce da felicidade, do bem estar. Estamos falando mesmo de arregaçar as mangas, ir lá fora e buscar o que é seu. Isso também envolve estar em paz dentro de casa e saber manter esse estado harmonioso. Para todas essas coisas, é preciso ter responsabilidade. Mas o que seria isso, de fato?

A ideia tem a ver mesmo com “desenrolar”. É saber que algo precisa ser feito e fazê-lo. Sem mimimi, sem postergação. É bom deixar para depois apenas aquilo que não nos sentimos preparados para fazer. Uma conversa difícil quando o seu interlocutor não está em condições para isso. A compra de um bem de maior valor, quando ainda não se tem o capital. Ações que requerem preparo, qualquer tipo que ele seja, podem ser procrastinadas sempre em busca de um resultado melhor, mais maduro. O que também não significa empurrar para sempre aquilo que um dia precisará ser realizado. É postergar, trabalhando na direção do cumprimento da tarefa.

Ter responsabilidade é saber que está na ação o movimento próprio de todo o universo. Cada planeta alinhado, cada astro cumprindo o seu papel está ali, diariamente, em uma ação coesa de fazer com que tudo esteja no seu devido lugar e assim nasce o dia, cai a noite, nos baseamos pelo relógio e despachamos, nós mesmos, as tarefas de cada dia.

Responsabilidade é um processo em conjunto, se eu deixo de cumprir o que deveria, isso afeta o outro imediatamente, que pode estar representado na figura do cônjuge, dos filhos, dos pais, dos amigos, dos chefes, enfim, de toda essa cadeia que é sustentada por cada uma das peças que a fazem seguir adiante.

Mas por que é importante que você tenha responsabilidade?

Já falamos no nosso blog sobre organização do tempo e como isso pode te ajudar a ter uma vida mais serena e a conquistar os seus sonhos. A organização é um dos braços da responsabilidade. Um dos mais fortes, talvez. Pense na responsabilidade como a força motriz de tudo o que é importante fazer na vida: desde cuidar da casa, dar o seu melhor no trabalho… Ela é a mola que vai impulsionar a ação, o “eu preciso fazer” e dar o start. A organização é o modo como você vai realizar essa ação. Se uma traz resultados benéficos, a outra também, pois fazem parte do mesmo grupo.

A organização é um dos braços da responsabilidade.

Portanto, é quando você faz o que precisa ser feito que viabiliza, de fato, a existência de tudo o que deseja. É difícil ir para a academia para manter uma boa saúde? Amanhã você vai? Não, vá hoje. Precisa ler um livro gigante para aprimorar seus conhecimentos no trabalho? Comece o quanto antes. Tem um pilha de roupas para lavar, a casa está por limpar? Organize os seus horários e vá fazendo as tarefas. Não é preciso fazer tudo de uma vez. Você só tem que manter a bola rolando e ir cumprindo o que depende de você para ser feito.

Um exemplo prático

Tome este exemplo: você tem um evento importante marcado para daqui alguns meses. Um casamento de um amigo ou o seu próprio, uma viagem para aquele destino que sempre sonhou na vida, uma palestra que vai fazer para um público considerável e você está fora de forma, o que gera uma certa ansiedade, pois sente que poderia se apresentar para algo tão significativo com uma aparência um pouco mais cuidada. É hora de fazer o quê? Ter responsabilidade. Ninguém vai te presentear com a forma que você deseja se você não começar a se cuidar desde já. O evento está ali, logo adiante, os dias vão passar, ele vai chegar. Você quer estar pronto?

Nesse ponto, chegamos a outro dos braços fundamentais da responsabilidade: a disciplina.

Sobre a disciplina (coisa chata? Que nada!)

“A disciplina é uma das qualidades para a construção de uma vida que vale a pena. As pessoas de sucesso mantêm um equilíbrio entre trabalho, família, estudos e até mesmo conseguem tempo para fazer nada”, diz o consultor de empresas e escritor, Eugênio Mussak, autor de nove livros, entre eles Preciso Dizer o Que Sinto (editora Integrare).

Em sua obra, Eugênio explica que disciplina não tem a ver com rigidez. Para se conquistar uma vida leve, inclusive, é preciso ter disciplina, segundo o autor. “O disciplinado é o mestre da própria vida porque ele define como seguir o seu caminho”, afirma, já que a disciplina proporciona liberdade de escolha e controle das próprias ações. Mussak lembra também que nada disso implica estar aprisionado a um padrão psicológico, à dependência de regras. Antes de mais nada, é deixar-se guiar pelo bom senso, descobrindo qual é o seu ritmo próprio e, dentro dele, com equilíbrio, organizar a própria vida. É tudo uma questão de medida para se manter feliz.

Saia da zona de conforto

Talvez o último ponto que ajude a formar a tríade benéfica da responsabilidade seria a ideia de sair da zona de conforto. Você já ouviu esta expressão em algum lugar, certo? Hoje em dia, é bastante comum que os coaches ou gurus do comportamento a utilizem com bastante frequência. “Sair da zona de conforto”, no entanto, nunca significou, de fato, fazer algo notoriamente desconfortável, perigoso. A zona de conforto é aquele lugar onde a gente se sente seguro, protegido e, sair dela, é justamente enfrentar os nossos medos, inseguranças e, sim, a preguiça.

É preciso lembrar que muito de não ser responsável tem a ver pura e simplesmente com indolência e isso é algo muito perigoso. Quando a gente sente aquela “preguiça” que nos impede de agir em um momento necessário, uma questão psicológica está envolvida aí: significa que as nossas paixões, aquilo que deveria nos mover na direção do que desejamos, estão apagadas. E isso pode ser, inclusive, sinal de depressão. É preciso lutar justamente quando esse desânimo mostra a sua cara para combatê-lo. E, se esse for o problema, não hesite em procurar ajuda profissional.

Também é comum associar falta de responsabilidade com preguiça e desmazelo. No entanto, algo mais grave pode estar por trás da falta de atitude daquela pessoa que nunca cumpre prazos, cuja casa é uma bagunça, que está comendo ou bebendo demais, que não cuida dos filhos, etc. Se você conseguir dar a volta nesse estado sozinho, ótimo. A responsabilidade, o sentido de dever e de cumprir, vão te guiar. Caso contrário, apoie-se em quem pode te auxiliar nesse processo.

Responsabilidade e paz: melhores amigos

Se pudesse deixar apenas uma mensagem sobre quão importante é ter responsabilidade no dia a dia, talvez seria esta: a responsabilidade é a ferramenta viabilizadora da sua paz interior. Realizar o que é necessário, organizar-se e seguir esse padrão com disciplina vai permitir que você esteja sempre em um estado anterior ao estresse, impedindo que ele chegue. É respeitar a si mesmo e aos demais e o respeito, este, sim é um dos pilares do amor. Portanto, esqueça tudo de negativo que você já associou com essa palavra maravilhosa e a tome para si como aquilo que ela realmente traz para você.

Lembre-se: ser responsável é um ato de amor.

Gostou deste texto? Sabia que o nosso objetivo principal com nossos cursos digitais e presenciais é criar uma nação melhor? Uma nação em sua melhor versão e tudo isso começa com você. Temos o alvo de guiar 1.000.000 de brasileiros rumo a uma vida melhor e mais bem planejada. Tenho um convite à lhe fazer, que tenho convicção de que lhe dará paz: leia o manifesto: Uma Nação em Sua Melhor Versão. Você pode acessá-lo aqui.

Sobre o Autor

André Novaes é empreendedor formado em administração de empresas. Acumula experiência no varejo e mercado financeiro, tendo atuado em empresas como 3M do Brasil, Credit Suisse Hedging Griffo, e Prudential do Brasil. Como empreendedor, a sua jornada começou em 1998, quando montou a sua 1ª empresa, um site de internet que posteriormente foi vendido em 2000. Especialista em planejamento de vida, proteção financeira e investimentos dinâmicos, atua como pesquisador e planejador, professor e palestrante, com a missão de conduzir as pessoas e famílias brasileiras à auto- gestão responsável de sua vida e finanças, reconduzindo a família ao centro do planejamento de vida. Em 2007, André Novaes fundou e atua como CEO da LifeFP™. Em 2016 escreveu o manifesto “Uma Nação em Sua Melhor Versão” e criou a LIFE Academy como a plataforma que planejará a vida milhões de brasileiros e transformará a relação das pessoas com o dinheiro.

POSTS RELACIONADOS



23
jan

COMO PROSPERAR FINANCEIRAMENTE

Eu curto muito ir a um café. Gosto do ambiente, do aroma, da decoração e da característica caseira e intimista de muitos destes lugares. Quando estou em uma cidade diferente,...
Leia Mais
05
jun

Dicas para ter sucesso em sua empresa familiar

Estudos realizados a partir da experiência de consultores chegaram a uma lista de boas práticas para vencer num negócio de família. Aproximadamente 80% das empresas do mundo são familiares. Vantagens...
Leia Mais
28
jun

Cuidados com cartão de crédito: como não cair em armadilhas?

O cartão de crédito é um recurso muito prático. Quando usado da maneira correta, ele pode ser um grande aliado do planejamento financeiro. Afinal, mesmo que a pessoa leve dinheiro...
Leia Mais

Conheça os cursos online da Life Academy

Últimos Posts

Plano ou planejamento financeiro? E a relação com o seu guarda-roupas
11 de junho de 2018
Ansiedades que um Planejador Financeiro ajuda a resolver
25 de janeiro de 2018
Estabilidade e Segurança é com o Planejador Financeiro
22 de janeiro de 2018
planejamento financeiro pessoal
Cuidado para o seu investimento não perder a graça
18 de janeiro de 2018
Afinal, por que desenvolver a inteligência financeira?
8 de janeiro de 2018
Principal meta dos brasileiros para 2018 é juntar dinheiro
3 de janeiro de 2018

CONTEÚDO VIP
Coloque o seu email abaixo para receber gratuitamente as atualizações do blog!