Aprenda a tomar decisões sobre o seu dinheiro.

Aprenda a tomar decisões sobre o seu dinheiro.

TCHAU ESTRESSE! CONHEÇA AS MELHORES PRÁTICAS PARA COMBATER A ANSIEDADE FINANCEIRA

Não importa para que lado você olhe, a ansiedade financeira parece o novo mal do século. E, embora o cuidado com sua vida financeira possa garantir que você não tenha tantos problemas quando o assunto é dinheiro, o excesso de preocupação é tão prejudicial quanto a falta dela.

Quando a ansiedade começa a afetar sua saúde e tirar de você suas noites de sono, ou até mesmo prejudicar seu desempenho no trabalho, está na hora de você agir e procurar maneiras de combatê-la.

Em muitos casos, a ansiedade financeira leva à extrema fadiga e, por vezes, até à depressão. Se você quer aprender a lidar com esse lado de sua vida, confira neste artigo algumas dicas cruciais.

Enfrente a ansiedade financeira de modo mais ativo

O problema da ansiedade financeira está no modo como ela se infiltra na sua vida até que, quando você percebe, já está refém dela.

De fato, não há uma cura imediata e nem mesmo um medicamento que possa eliminar esse ponto problemático de sua vida. Porém, há maneiras de combatê-lo e diminuir os efeitos que ele provoca.

Para lidar com a ansiedade, deixar de lado um posicionamento passivo é fundamental. Enquanto você permanecer tentando conviver com o problema, sem, de fato, ter estratégias concretas para lutar contra, ele ganhará força e se transformará em algo mais grave.

Então, em vez de perder noites de sono por causa da ansiedade financeira, pensando em cenários em que perde o emprego ou não consegue pagar suas contas, tente tomar medidas para que nada disso aconteça.

A seguir, enumeramos para você 5 passos que te ajudam a lidar com a ansiedade financeira de modo ativo, evitando que ela tome conta de sua vida — e das suas noites de sono.

1. Concentre-se nos lados positivos de sua vida financeira

A ansiedade se alimenta dos problemas e de todos os pontos que parecem frágeis em sua vida. Então, qual a melhor maneira de evitar que ela avance?

Toda vez que você começar a pensar em catástrofes como não conseguir pagar o financiamento da casa, lembre-se dos pontos “seguros” e positivos da sua vida financeira.

Pense na sua carreira, em tudo que você conseguiu e naquilo que você ainda tem. Todo esse pensamento positivo pode soar otimista demais, mas é uma maneira de afastar os maus pensamentos.

Por mais irônico que pareça, enxergar aquilo que você conquistou e o que ainda tem é também uma maneira de focar melhor o presente. Afinal, enquanto se está excessivamente preocupado com o futuro, você não consegue agir no presente.

2. Pare de se comparar com amigos

As redes sociais são seus principais inimigos no combate à ansiedade financeira. Afinal, entrar nelas é receber quase sempre uma enxurrada de fotos de viagens, restaurantes caros e festas.

Tudo isso faz parecer que a vida de seus amigos é muito melhor que a sua, principalmente no quesito financeiro. O efeito desse pensamento pode ser devastador para você e dar ainda mais força à ansiedade financeira que você já tem.

Acontece que, no fim das contas, você não sabe como está de verdade a vida financeira de todos aqueles amigos que parecem fazer uma viagem internacional por semestre.

Pode ser que eles estejam afundados em dívidas de cartão de crédito, ou mesmo que eles só tenham conseguido fazer essa viagem após cortar dezenas de gastos e juntar grande parte do salário.

3. Proponha soluções para o pior

Sabe quando você já está deitado para dormir e começam a vir todos aqueles pensamentos terríveis sobre perder o emprego?

Ao invés de se entregar ao terror desse pensamento, pegue uma folha de papel e comece a anotar um possível plano para lidar com a situação, caso ela aconteça.

Dessa forma, toda vez que o pensamento voltar a você, lembre-se de todo o plano que você criou. Se for necessário, pegue novamente a folha de papel e leia tudo que foi escrito.

A curto prazo, essa talvez seja uma das maneiras mais eficientes de lidar com a ansiedade financeira e voltar a ter noites mais tranquilas. E, quanto mais detalhado for o plano, maior a eficiência dele em combater a preocupação.

4. Refaça seu orçamento

Outro passo importante, que pode ajudar você a excluir aos poucos as preocupações financeiras de sua vida, é refazer todo o orçamento, procurando por pontos frágeis ou mesmo possibilidades de corte de gastos.

Essa medida é fundamental principalmente para quem tem medo de entrar em dívidas no cartão de crédito ou acha que não será capaz de pagar o financiamento e contas.

O ideal é que você consiga enxergar 2 pontos centrais. O primeiro deles é se realmente não será capaz de pagar tudo que deve ser pago. Afinal, muitas vezes a nossa preocupação não tem um argumento racional, e é comum que a ansiedade financeira apareça mesmo em pessoas que conseguem pagar tudo o que é necessário.

No segundo ponto, você deve identificar todos os gastos que você pode cortar para que consiga pagar tudo que deve, ou até mesmo juntar dinheiro para futuros problemas financeiros.

5. Converse com seu cônjuge

Ainda é difícil sentar para conversar com seu cônjuge sobre as dores financeiras, mas isso é necessário. Se prender à ansiedade e tentar segurar as pontas sozinho é uma das maneiras de abrir as portas para a depressão.

Muitas vezes, o parceiro é capaz de dar ideias para vencer os problemas e até mesmo propor formas de evitar erros financeiros.

Compartilhar os problemas e a busca por soluções pode unir ainda mais o casal e evitar que os problemas, inicialmente financeiros, invadam a vida a dois.

Para isso, o importante é sempre focar no o quê é certo e errado, e não em quem está certo ou errado. Isso é crucial para que o diálogo financeiro seja frutífero.

Se for preciso, sente-se com seu filho para explicar a situação, informando porque alguns gastos serão cortados e explicando que tudo é apenas uma fase.

Compartilhar essas informações com a criança evita mal-entendidos diante de uma mudança no estilo de vida da família, além de ajudá-las a entender o valor do dinheiro.

Depois desses passos, você está a meio caminho andado para transformar sua vida e vencer a ansiedade financeira. Que tal compartilhar essas dicas com seus amigos e familiares, e ajudá-los a combater também esse mal que tem afetado tantas vidas?

Sobre o Autor

André Novaes é empreendedor formado em administração de empresas. Acumula experiência no varejo e mercado financeiro, tendo atuado em empresas como 3M do Brasil, Credit Suisse Hedging Griffo, e Prudential do Brasil. Como empreendedor, a sua jornada começou em 1998, quando montou a sua 1ª empresa, um site de internet que posteriormente foi vendido em 2000. Especialista em planejamento de vida, proteção financeira e investimentos dinâmicos, atua como pesquisador e planejador, professor e palestrante, com a missão de conduzir as pessoas e famílias brasileiras à auto- gestão responsável de sua vida e finanças, reconduzindo a família ao centro do planejamento de vida. Em 2007, André Novaes fundou e atua como CEO da LifeFP™. Em 2016 escreveu o manifesto “Uma Nação em Sua Melhor Versão” e criou a LIFE Academy como a plataforma que planejará a vida milhões de brasileiros e transformará a relação das pessoas com o dinheiro.

POSTS RELACIONADOS



15
set

Plano e planejamento: entenda as principais diferenças

Você conhece as diferenças entre plano e planejamento? Ambas as palavras têm conceitos completamente distintos, bem diferente do que muitas pessoas pensam. O primeiro tem relação com aquelas coisas que...
Leia Mais
14
ago

Consumo consciente: saiba como colocá-lo em prática

A contemporaneidade é marcada por um excesso. A todo momento, você é incentivado a comprar produtos, nem sempre necessários, que lançam mão de falsas promessas do suprimento total de suas...
Leia Mais
07
ago

Descubra como definir seus objetivos financeiros

Não há limites para a capacidade humana de desejar, porém, os recursos disponíveis para concretizar todos esses desejos são escassos. Essa regra básica de economia é universal e se aplica a...
Leia Mais

Conheça os cursos online da Life Academy

Últimos Posts

Plano e planejamento: entenda as principais diferenças
15 de setembro de 2017
5 cuidados para ter ao contratar a previdência privada
11 de setembro de 2017
Consumo consciente: saiba como colocá-lo em prática
14 de agosto de 2017
Descubra como definir seus objetivos financeiros
7 de agosto de 2017
Procurando melhores investimentos? Conheça 5 para evitar
31 de julho de 2017
Ritual matinal para uma vida em sua melhor versão
25 de julho de 2017

CONTEÚDO VIP
Coloque o seu email abaixo para receber gratuitamente as atualizações do blog!