Aprenda a tomar decisões sobre o seu dinheiro.

Aprenda a tomar decisões sobre o seu dinheiro.

Descubra se você tem dinheiro em contas inativas do FGTS, como sacar e o que fazer com essas economias.

Os trabalhadores poderão sacar todo o dinheiro que têm em contas do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço) que estavam inativas até 31 de dezembro de 2015. O anúncio foi feito em dezembro e, desde então, muita gente aguarda ansiosamente. São 30,2 milhões de pessoas que devem receber, no total, R$ 43,6 bilhões de contas inativas, segundo o governo.

Quem pode sacar?

Todo trabalhador com carteira assinada que pediu demissão ou foi demitido por justa causa até 31 de dezembro de 2015.

Há limite para saque?

Não há restrição. O trabalhador pode sacar todo o dinheiro que estiver disponível em todas as contas inativas.

Quem não tem direito?

Não pode sacar quem não tem dinheiro em contas inativas do FGTS ou deixou o trabalho a partir de 1º de janeiro de 2016.

O que são contas inativas?

As contas inativas do FGTS são criadas quando o trabalhador deixa o emprego ou quando é demitido por justa causa. Até então, ele só podia sacar esse dinheiro ao se aposentar, para comprar a casa própria ou quando completava três anos desempregado.

É possível ter mais de uma?

Sim, cada emprego com carteira assinada corresponde a uma conta de FGTS diferente. Quem já passou por mais de um trabalho e saiu ou foi demitido por justa causa pode, sim, ter mais de uma conta inativa.

Veja as formas para consultar seu FGTS:

.Agências da Caixa: O trabalhador pode ir a uma agência da Caixa levando documento com foto, carteira de trabalho e o número do PIS/Pasep ou NIS.

.Site da Caixa: Também dá para consultar pelo site da Caixa: www.contasinativas.caixa.gov.br. Informe seu CPF ou seu número PIS/Pasep ou NIS.

.App de Celular: O aplicativo é gratuito e está disponível para sistema operacional Android (na Google Play), iOs (na App Store) e Windows (na Windows Store).

.Pelo telefone: O trabalhador pode ligar para o telefone 0800 726 2017.

Como saber o número do seu PIS?

É fundamental saber seu número do PIS/Pasep ou NIT (Número de Identificação do Trabalhador) para consultar se tem dinheiro em contas inativas e também para sacar valores acima de R$ 3.000. Se você não sabe ou não lembra o seu, há algumas formas de descobrir:

.Procurar na carteira de trabalho – Procurar no Cartão do Cidadão – .Perguntar no RH da sua empresa – Ligar na Central de Atendimento da .Previdência Social, no telefone 135 (de 2ª feira a sábado, das 8h às 23h). É preciso informar alguns dados pessoais, como nome completo, nome da mãe, número do CPF e data de nascimento. O número é fornecido na hora – Pesquisar no site da Previdência Social.

Quando posso sacar?

O saque das contas inativas do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço) deve ser feito de 10 de março até 31 de julho.

Para evitar que todo mundo vá ao mesmo tempo às agências da Caixa, foi definida uma ordem para os saques, de acordo com o mês de aniversário do trabalhador:

.A partir de 10 de março: pode sacar quem nasceu em janeiro e fevereiro;

.A partir de 10 de abril: pode sacar quem nasceu em março, abril e maio;

.A partir de 12 de maio: pode sacar quem nasceu em junho, julho e agosto;

.A partir de 16 de junho: pode sacar quem nasceu em setembro, outubro e novembro;

.A partir de 14 de julho: pode sacar quem nasceu em dezembro.

Atenção para o prazo

Todos que têm dinheiro para sacar de contas inativas do FGTS podem fazer isso até o dia 31 de julho de 2017. Por exemplo: um trabalhador nascido em janeiro pode receber a partir de 10 de março. Mas se ele não sacar o dinheiro em março não tem problema. Tem o tempo limite de até 31 de julho para fazer isto.

A Caixa alerta que, após 31 de julho, o trabalhador que não recebeu o valor das contas inativas do FGTS só vai poder sacar esse dinheiro seguindo as regras antigas: ao se aposentar ou se for comprar a casa própria, por exemplo. Para quem tem conta poupança na Caixa, há uma vantagem: o prazo para transferir o dinheiro é maior, até 31 de agosto.

Como faço para receber?

Há diferentes opções disponíveis para receber os valores de contas inativas do FGTS. A Caixa orienta que, antes de sair de casa, o trabalhador consulte o site ou o 0800 726 2017 para descobrir qual a melhor opção de pagamento para ele.

1.Crédito em conta: Quem tem conta poupança individual na Caixa não precisa fazer nada: o dinheiro já será transferido automaticamente, no primeiro dia do calendário de saques.  Quem tem conta poupança conjunta ou conta corrente na Caixa pode receber o dinheiro diretamente nessa conta, mas precisa fazer o pedido à Caixa por meio do site das contas inativas (www.caixa.gov.br/contasinativas) ou pelo telefone 0800 726 2017.

2.Caixas eletrônicos: Quem tem até R$ 1.500 para receber pode sacar o dinheiro em caixas eletrônicos da Caixa. É possível sacar só com a senha do Cartão do Cidadão, mesmo que tenha perdido o documento. Esse é o caso da maioria dos trabalhadores, segundo dados da Caixa. Quem tem entre R$ 1.500 e R$ 3.000 para receber também pode sacar o dinheiro em caixas eletrônicos da Caixa. Nesse caso, é preciso Cartão do Cidadão e a respectiva senha. Atenção: o limite é para cada uma das contas inativas. Por exemplo, se o trabalhador tiver R$ 1.000 em uma conta e R$ 1.500 em outra, pode fazer os dois saques em caixas eletrônicos.

3.Agências Lotéricas ou correspondentes: Quem tem até R$ 3.000 para receber também pode sacar o dinheiro em agências lotéricas e correspondentes Caixa Aqui. Nesse caso, vai precisar do Cartão do Cidadão, da respectiva senha e de um documento com foto. Atenção: o limite é para cada uma das contas inativas. Por exemplo, se o trabalhador tiver R$ 2.000 em uma conta e R$ 2.500 em outra, pode fazer os dois saques em lotéricas ou correspondentes bancários.

4.Agências da Caixa: Quem tem mais de R$ 3.000 em uma conta inativa só poderá receber nas agências da Caixa. Os documentos necessários são o número do PIS (Programa de Integração Social) e um documento com foto. Para valores acima de R$ 10 mil, é obrigatório levar também a carteira de trabalho ou documento que comprove o fim do vínculo de trabalho. Atenção: a Caixa recomenda que todos que forem a uma agência levem um documento com foto mais a carteira de trabalho para facilitar o atendimento.

Fonte: https://www.uol/economia

Sobre o Autor

André Novaes é empreendedor formado em administração de empresas. Acumula experiência no varejo e mercado financeiro, tendo atuado em empresas como 3M do Brasil, Credit Suisse Hedging Griffo, e Prudential do Brasil. Como empreendedor, a sua jornada começou em 1998, quando montou a sua 1ª empresa, um site de internet que posteriormente foi vendido em 2000. Especialista em planejamento de vida, proteção financeira e investimentos dinâmicos, atua como pesquisador e planejador, professor e palestrante, com a missão de conduzir as pessoas e famílias brasileiras à auto- gestão responsável de sua vida e finanças, reconduzindo a família ao centro do planejamento de vida. Em 2007, André Novaes fundou e atua como CEO da LifeFP™. Em 2016 escreveu o manifesto “Uma Nação em Sua Melhor Versão” e criou a LIFE Academy como a plataforma que planejará a vida milhões de brasileiros e transformará a relação das pessoas com o dinheiro.

Leave a Reply

Conheça os cursos online da Life Academy

Últimos Posts

Prezado RH, palestras e workshops de educação financeira não funcionam.
6 de agosto de 2019
2019 e além
6 erros para evitar com o seu dinheiro em 2019
31 de dezembro de 2018
Construindo um plano de crescimento
11 de novembro de 2018
O seu projeto de vida em 2018 é muito maior do que as eleições
29 de agosto de 2018
A vida é um jogo?
22 de agosto de 2018
Plano ou planejamento financeiro? E a relação com o seu guarda-roupas
11 de junho de 2018

CONTEÚDO VIP
Coloque o seu email abaixo para receber gratuitamente as atualizações do blog!

Notice: ob_end_flush(): failed to send buffer of zlib output compression (1) in /home/voce20/www/blog/wp-includes/functions.php on line 4757

Notice: ob_end_flush(): failed to send buffer of zlib output compression (1) in /home/voce20/www/blog/wp-includes/functions.php on line 4757